Bochecho: quando utilizar?

 

Será que todos nós precisamos fazer o uso de enxaguatórios orais? Como utilizar, quais as indicações? Resumidamente os enxaguatórios bucais, colutórios, são discriminados de duas formas: substitutivos e coadjuvantes. Nos substitutivos se enquadra a clorexidina, que deve ser utilizada após procedimentos cirúrgicos e em pacientes acamados. Compreende em um poderoso antimicrobiano, efetivo nas bactérias, rompe a parede celular da bactéria, tem grande eficácia e uma substantividade de 12 horas. Não adianta fazer mais vezes. São necessários apenas dois bochechos por dia durante 1 min. Os enxaguatórios classificados como COADJUVANTES, são coadjuvantes, ou seja não substituem a escovação dentária. Os melhores são elaborados a base de fluoreto de sódio e zinco( importante na quebra da parede celular) e cloreto de cetilperidineo, importante antimicrobiano. Antigamente existia o componente triclosan na fórmula, infelizmente ele necessita do álcool como veículo e não está sendo mais comercializado, mas já está presente em alguns cremes dentais, e podemos continuar utilizando-o no combate à placa dentária e as doenças da gengiva. Os bochechos possuem apenas 225ppm de flúor em média enquanto um creme dental possui em média 1300ppm de flúor. Então apenas o flúor utilizados em bochechos não é o suficientes. Indico os bochechos com flúor vendidos nas farmácias em caso de pacientes com risco de cárie e em alguns pacientes usuários de aparelho dentário. Em pacientes com grande risco a cárie utilizo uma formulação de a 0,2% (920ppm). Os bochechos em geral devem ser utilizados SEM misturar em água, por um minuto, de 12/12 hs. Entre com álcool e sem álcool, prefira os sem álcool. 😉 #odontologia #ficaadica #dentesperfeitos #sorriso #smile #smilewhite #bochechos #dentista #dentistapoa #odontopoa #odontologia #saude #saudebucal #healthy #dentesperfeitos #carie #gengivite #sorriso #hálito #mauhalito #higienebucal #higiene