Instrução de Higiene Oral


É função do cirurgião-dentista dar subsídios para que o paciente consiga higienizar seus dentes adequadamente.

Os princípios do método de prevenção de saúde bucal, diferentemente do cirúrgico restaurador, impróprio, preconiza a instrução de higiene oral. Ressalta o binômio paciente-profissional, a fim de que as necessidades cirúrgico-restauradoras se tornem cada vez menores.



Os métodos de higiene bucal devem ser individualizados para cada paciente, avaliando suas necessidades e seus aspectos psicomotores. É necessário enfatizar a pressão ao escovar os dentes e o grau de maciez da escova, estas duas são uma das principais causas das tão temidas e desconfortáveis retrações gengivais.

O dentista precisa enxergar onde estão as dificuldades do paciente pedindo que este mostre suas técnicas de escovação, ensinando a ele então a maneira efetiva de manter uma boa saúde oral.

Instrução de Higiene Oral


É função do cirurgião-dentista dar subsídios para que o paciente consiga higienizar seus dentes adequadamente.

Os princípios do método de prevenção de saúde bucal, diferentemente do cirúrgico restaurador, impróprio, preconiza a instrução de higiene oral. Ressalta o binômio paciente-profissional, a fim de que as necessidades cirúrgico-restauradoras se tornem cada vez menores.



Os métodos de higiene bucal devem ser individualizados para cada paciente, avaliando suas necessidades e seus aspectos psicomotores. É necessário enfatizar a pressão ao escovar os dentes e o grau de maciez da escova, estas duas são uma das principais causas das tão temidas e desconfortáveis retrações gengivais.

O dentista precisa enxergar onde estão as dificuldades do paciente pedindo que este mostre suas técnicas de escovação, ensinando a ele então a maneira efetiva de manter uma boa saúde oral.